Classicão | Te Pego Lá Fora (Three O'Clock Hight, 1987)

Atenção: esse texto pode conter spoilers. Obrigada, e boa leitura.


Olá seres nostálgicos! Hoje é dia de relembrar mais um clássico da Sessão da Tarde que há muito tempo não é reprisado, talvez pelo teor quase que violento que ele pode carregar. Estamos falando do filme Te Pego Lá Fora - Three O'Clock Hight, que teve sua estreia em 1987 e quem cresceu em frente a TV já assistiu essa pérola diversas vezes na Rede Globo. 
A história gira em torno de Jerry Mitchell, um aluno exemplar, que aliás, é o responsável pela lojinha da escola onde os alunos costumam comprar alguns materiais escolares. Logo de início ele já vê que seu dia não vai ser dos melhores quando acorda atrasado para o colégio, e tenta secar sua roupa úmida no microondas! Jerry tem uma irmã, que todos os dias vai pra aula com ele, junto com uma amiga/paquera que todos os anos tenta fazer um estilo diferentão. Chegando na escola, vai pra lojinha, e como diriam os jovens de hoje, lá ele também tem um Crush, e dá tudo errado na frente dela. 


 Realmente, o dia não está a favor de Jerry, e pra completar ele estuda numa escola que se prepara para receber um novo aluno: Buddy Revell. Buddy já havia sido expulso de várias escolas e foi assim que acabou sendo transferido para a escola de Jerry. Antes mesmo de chegar na escola, boatos a seu respeito já circulavam entre os alunos. Muitos diziam que ele havia quebrado o pescoço de um outro aluno, e puxou uma faca para o treinador do time de futebol apenas por tê-lo puxado pelo braço, entre outras coisas que deixaram todos aflitos.



O fato é que naquela escola havia um jornal dos alunos, e alguém teve a brilhante ideia de realizar um artigo no jornal com ênfase na vida de Buddy Revell, o aluno novo. O artigo teria o objetivo de fazer com que o novo aluno se sentisse em casa, de forma a lhe dar boas vindas, já que estava em um novo ambiente escolar. E aí começa a confusão, pois o artigo ficou sob a responsabilidade de Jerry Mitchell, o cara mais medroso e pacífico da escola. Ele mal sabia como chegar em Bud Revel para lhe entrevistar, e na realidade ele nem queria, mas foi obrigado a fazer aquilo.


Eis que por uma coincidência, ele vai ao banheiro, e lá encontra Buddy Revell. Com um pouco de medo, mas tendo a missão de realizar o artigo, Jerry puxa assunto com Buddy. O que ele não sabia, é que Buddy não queria assunto, muito menos no mictório! E o que é pior, Buddy Revell não gostava de ser tocado. Tentando consertar o erro de dialogar, Jerry toca no ombro de Buddy como quem diz: "Vamos fingir que essa conversa não aconteceu". Mas a história estava só por começar! Foi ali que Buddy Revell libertou o "mosntro interior" na nova escola e disse: "Você me aborreceu, e preciso fazer algo pra passar minha raiva! Você e eu, vamos ter uma briga hoje, depois da aula, no estacionamento".


Jerry passa o filme inteiro tentando encontrar uma forma de escapar daquela briga, mas nada parece dar certo. Todos na escola já estão sabendo da tal briga, pois havia uma terceira pessoa no banheiro escutando tudo, e fez questão de espalhar a todos. Alunos já faziam apostas sobre quem seria o vencedor da luta, e Jerry chega até mesmo a pagar um outro aluno para tentar bater em Budd Revell, mas seu plano não funcionou como esperado.
Jerry passa por poucas e boas ao longo do filme, e eis que chega a hora da saída, e consequentemente a hora da briga. De fato a briga acontece, e qual o desfecho da história? Apenas quem assistiu a esse clássico da Sessão da Tarde vai lembrar!


E aí, relembrou o filme? Tem alguma cena ou frase dele que você lembra e goste muito? Que tal compartilhar conosco, é só deixar um comentário aqui, logo abaixo!


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.